quarta-feira, 6 de março de 2013

A Escolha - Nicholas Sparks

Olá!
Hoje eu terminei de ler o livro "A Escolha" de Nicholas Sparks. Ele já publicou um monte de livros, mas eu só li este e "Um Amor para Recordar".

Aqui vai uma pequena crítica..

ATENÇÃO, SE VOCÊ QUER LER ESTE LIVRO E NÃO QUER SABER DE NADA ANTES, MELHOR NÃO LER ESTE POST.

Sinceramente, Um Amor para Recordar é bem melhor.
Apesar de ser mais curto, um amor pra recordar me envolveu mais nos sentimentos das personagens. Foi um romance que se sentia ao ler. Mas não senti isso nem de longe lendo "A Escolha".
Achei que o livro se prendeu muito no início da história em coisas sem muita importância. E todo o grande amor que ele tenta passar pro leitor aconteceu em 1 fim de semana que dura simplesmente mais da metade do livro!
Depois que você lê exaustivamente o que aconteceu em apenas 1 fim de semana, de repente ele conta a história do que acontece anos depois no restinho das páginas.
Achei corrido, faltou preenchimento, faltou tanta coisa mais legal pra se falar!
Exemplo: como foi a conversa de Gabby com Kevin depois que ela decide ficar com Travis?
Como foi isso? O que mais aconteceu entre Gabby e Travis? Numa hora ela não sabe com quem vai ficar, e de repente na outra página ela já está casada há anos.
Na minha humilde opinião este romance não teve a profundidade que eu esperava, não senti esse amor tão grande aflorar nos dois.
Mas no final do livro o autor deixa claro que aquele amorzinho do início do livro virou O AMOR MAIS PERFEITO E LINDO DO UNIVERSO... Assim, do nada o leitor tem que aceitar que o amor é perfeitão e tudo.
Agora... Deixando esse aspecto de lado...
A história é bonita sim... E no finalzinho do livro, sim, eu chorei um pouco. Apesar de ter achado o início fraco, o desfecho é emocionante.
Só achei que tudo que o autor falou no início do livro não é levado em consideração no final, dá a entender que é praticamente esquecido, ou que foi escrito só pra encher páginas, porque no final isso não faz diferença alguma.... O relacionamento estranho que a Gabby tem com a mãe, a personalidade desprendida de Travis, os filhotes da Molly. Pra onde foram os filhotes da Molly? Não foi assim que o casal se conheceu, afinal?? Nada disso é falado no final. Aliás, no final o Travis parece outra pessoa.
No final também senti falta de um diálogo entre Gabby e Travis, depois de toda aquela tensão das semanas no hospital, não dizer nem 1 palavrinha a respeito disso deixou o final vazio.
Bom, dou uma nota 6,5.
Na média, e mais meio ponto pro desfecho que me emocionou, rs.

Se você já leu, deixe sua crítica aqui também!

=*

3 comentários:

Weverton Monte disse...

Um dia eu leio para fazer uma crítica da sua crítica ao livro, rsrrssr

Nita Oliveira disse...

Fiquei fã, vou seguir.
Beijo.
Nita

Anônimo disse...

Não conseguir terminar de ler porque tava lendo por um site na web sò que elaa parou de posta na melhor parte, que ele fala adeus pra ela, afinal gabby morre ou não?